Tribunal de Justiça da Paraíba

Música e homenagens marcam o último dia do ‘Paraíba Cultural’ em Campina

O último dia de programação do projeto ‘Paraíba Cultural: Rainha da Borborema’ reservou homenagens a personalidades que marcaram a história e a cultura do município de Campina Grande, além de palestra sobre o ‘Novo Código de Processo Civil’ e apresentação musical.

A diretora da Escola Superior da Magistratura (Esma), desembargadora Maria das Graças Morais Guedes, que fez a abertura das atividades, ressaltou que o evento busca aproximar a Justiça da população e também contribui para apresentar um novo Judiciário, preocupado com as causas da sociedade.

Na ocasião, ela agradeceu o apoio irrestrito do presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque, para a realização da segunda edição do ‘Paraíba Cultural’.

Do mesmo modo, a desembargadora Graça ainda agradeceu a equipe administrativa da Esma, a Superintendência da Rádio Tabajara, o diretor do Fórum Affonso Campos, juiz Vandeberg de Freitas, a Associação dos Magistrados da Paraíba, a Universidade Estadual da Paraíba, a Federação das Indústrias do Estado da Paraíba e o gerente do Fórum local, Agnelo Oliveira, na elaboração e concepção da programação.

O juiz Ricardo Vital de Almeida, diretor adjunto da Escola, afirmou que o projeto cultural e jurídico continuará, no próximo ano, em outras unidades judiciárias do Estado. “O Paraíba Cultural possibilita uma verdadeira interação entre a população e o Judiciário”.

Des. Leandro dos Santos

Em seguida, o desembargador Leandro dos Santos ministrou palestra sobre o ‘Novo Código de Processo Civil’, que entrará em vigor em março de 2016. “A nova lei traz uma série de mudanças que buscam conferir uma nova dinâmica para o Processo Civil no país”, disse.

Ainda segundo o conferencista, o novo CPC terá aplicação imediata, tanto nos novos processos quanto naqueles em curso. A expectativa é que os processos judiciais de natureza civil possam ser simplificados e se tornem mais rápidos.

Homenagens – Dando seguimento as atividades, o procurador de Justiça Agnello José de Amorim, o reitor da UEPB Antônio Rangel Júnior e o cantor Capilé foram homenageados com a entrega de comendas pelos relevantes serviços prestados ao município de Campina Grande.

“Esse evento, considero extremamente importante porque todas as instituições públicas e privadas deveriam ter na suas estruturas, programas que envolvessem investimento em cultura”, disse o reitor.

Também receberam as homenagens: Affonso Rodrigues de Sousa Campos, Argemiro de Figueiredo, Manuel Figueiredo, Otávio Amorim, Alcindor de Oliveira Villarim, José Cartaxo Loureiro, Antônio Vital do Rêgo, Ronaldo Cunha Lima e Rosil de Assis Cavalcanti, todos já falecidos. A programação foi finalizada com a apresentação musical do cantor e compositor Capilé.

O evento contou ainda com a presença do juízes Onaldo Queiroga, Ana Christina Pennazi, Michelini Jatobá e Flávia de Souza, do presidente da Associação dos Magistrados, juiz Horácio Ferreira, do secretário de Comunicação do Município, Marcos Alfredo, do gerente Comercial da Tabajara, César Lyra, do ex-secretário estadual, Ivandro Cunha Lima, além de outras autoridades e servidores da Justiça.

Paraíba Cultura – Essa foi a segunda edição do evento que buscou a aproximação com a sociedade local, através da execução de ações que valorizem expressões artísticas e realcem relevantes questões da área jurídica.

O projeto, que é fruto da parceria entre o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), a Esma e a Rádio Tabajara, contou ainda com o apoio da Associação dos Magistrados da Paraíba, da Universidade Estadual da Paraíba e da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba.

Por Marcus Vinícius

 

Deprecated: Function create_function() is deprecated in /apps/prod/memorialvirtual/memorialvirtual-2.1.2/wp-content/plugins/simple-lightbox/controller.php on line 1642